quarta-feira, 28 de julho de 2010

"Terras caídas" ameaça Comunidade no Rio Amazonas


O fenômeno conhecido como “terras caídas” acontece todos os anos neste período de vazante na comunidade de Fátima do Urucurituba. A água com sua força acaba levando casas, barcos, árvores e blocos de terra para o fundo do rio.
Vivem na comunidade cerca de 71 famílias, sendo que 2 famílias já tiveram as residências levadas pela correnteza e 7 desmontaram as suas por precaução.
A Defesa Civil Estadual e Municipal esteve na comunidade, juntamente com o Secretário de Governo do Município Inácio Corrêa e constataram que as famílias que estão no local correm risco.
Segundo o Major Tavernard, do Corpo de Bombeiros, um relatório será enviado para o Governo do Estado e do Município de Santarém para que providências sejam tomadas com relação aos ribeirinhos.
A escola municipal, o barracão da comunidade e um telefone público que se encontram na área alagada terão que ser removidos para um lugar mais seguro.
Os moradores da Comunidade de Fátima do Urucurituba todos os anos passam por este mesmo problema, devido o local ser cercado por água. Por isso existe uma preocupação de que  esta comunidade desapareça.
Imprima esta Postagem

2009-2013 * 4º GBM-PA *Customizado por Marcelo Quemel * Melhor visualizado no Google Chrome e Firefox