sábado, 23 de outubro de 2010

Nova carteira de identidade começa a ser implantada em dezembro


Segundo o portal do Ministério da Justiça, na última terça-feira (19), a comissão técnica delegada pelo Comitê Gestor do RIC (Registro de Identidade Civil) definiu que a partir de dezembro começam a ser expedidos os primeiros 100 mil RIC – um cartão com chip, parecido com o CPF, que substituirá a atual carteira de identidade.

Três estados e quatro cidades foram escolhidos para testar o projeto piloto. Sessenta mil cartões serão distribuídos no Rio de Janeiro, Distrito Federal e Bahia, e quarenta mil nas cidades de Hidrolândia (GO), Ilha de Itamaracá (PE), Nizia Floresta (RN) e Rio Sono (TO). Segundo o coordenador-suplente do Comitê Gestor do RIC, Sérgio Torres, os locais foram escolhidos de acordo com a norma ISO para intercâmbio de dados biométricos.

O projeto prevê que os primeiros cartões do RIC serão expedidos pela Casa da Moeda e a implantação durará até 2019, aproximadamente. No início ele valerá somente como identidade e conterá informações do cidadão como altura, impressão digital e prontuário eletrônico. Contudo, no futuro o RIC deverá substituir documentos como CPF, título de eleitor e passaporte.

Essa comissão responsável pela escolha é composta por tecnólogos da informação do Ministério da Justiça, do Instituto Nacional de Identificação da Polícia Federal, do Instituto de Tecnologia da Informação da Casa Civil da Presidência da República, do Tribunal Superior Eleitoral, do Serviço Federal de Processamento de Dados – Serpro, e de institutos de identificação de estados brasileiros.
Imprima esta Postagem

2009-2013 * 4º GBM-PA *Customizado por Marcelo Quemel * Melhor visualizado no Google Chrome e Firefox