sábado, 14 de maio de 2011

Enchentes: Defesa Civil do Pará atualiza os números de desabrigados


Passa para 30 o número de municípios do Pará que estão sendo castigados pelas chuvas e pelas enchentes. Alguns apresentaram erosão e até vendaval. São 18 municípios que estão em situação de emergência: Água Azul do Norte, Dom Elizeu, Marabá, Santana do Araguaia, São João do Araguaia, Mãe do Rio, Ourém, Augusto Corrêa, São Miguel do Guamá, Concórdia do Pará, Alenquer, Monte Alegre, Itaituba, Porto de Moz, Óbidos, Aveiro, Senador José Porfírio e Vitória do Xingú. Outros doze municípios ainda estão em Alerta.

Diminuiu o número de desabrigados em Marabá, onde o nível do rio, que chegou a 12 metros, está baixando. A cota está em 10,80 metros. As famílias lentamente começam a retornar para suas casas. Nos 16 abrigos mantidos pela prefeitura, já houve uma redução de 1.970 para 1.350 pessoas. A Secretaria Nacional de Defesa Civil - SEDEC - continua disponibilizando ajuda para a localidade, onde mais 100 cestas com alimentos foram entregues à população. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil já distribuiu 1000 kits de ajuda humanitária, com mosquiteiros, cobertores, toalhas e fronhas, além de 400 kits de limpeza.

No Baixo Amazonas, os municípios de Alenquer, Monte Alegre, Porto de Moz, Santarém, Prainha, Almeirim e Óbidos, também estão enfrentando enchentes e vendavais. Em Alenquer a situação de emergência já afetou 482 pessoas. A Regional de Defesa Civil de Santarém está vistoriando 7 Municípios que foram atingidos. Dois deles apresentaram erosão.

No sudoeste do Estado 369 pessoas foram afetadas : 54 em Aveiro e  315 em Altamira.

Também em Barcarena, na Região Metropolitana de Belém, a enchente deixou 8 famílias afetadas. O 6º Grupamento Bombeiro Militar está fazendo vistoria na região.


Imprima esta Postagem

2009-2013 * 4º GBM-PA *Customizado por Marcelo Quemel * Melhor visualizado no Google Chrome e Firefox