terça-feira, 13 de novembro de 2012

4° GBM inicia Curso de Mergulho de Resgate para a Segurança Pública


Teve início nesta segunda-feira (12/11) no auditório do Instituto Esperança de Ensino Superior - IESPES, a edição 2012 do Curso de Mergulho de Resgate para a Segurança Pública - CMRSP, o 2º curso militar de mergulhador a ser realizado no Oeste do Pará.

A solenidade de abertura se deu por volta das 9h30 com a aula inaugural e contou com a presença de autoridades civis e militares do município e a mídia local.

A mesa de autoridades foi composta pelo Cel PM Eraldo – Comandante do CPR-I, Ten Cel BM Tavernard – Comandante do 4° GBM, Cap BM Ricardo - representando a Diretoria de Ensino do CBMPA, Cap PM Wilton – Comandante do GTO/Stm, 2° Ten EB Câmara – representando o Comando do 8º BEC, Sub-Oficial MB Viana – representando o Cap de Fragata Andrade, da Capitania dos Portos/Stm.

O Comandante do 4° GBM e Coordenador do curso, Ten Cel Tavernard ministrou a aula inaugural contando a História do Mergulho, repassando aos novos alunos as origens e a evolução dessa atividade, ressaltando a importância do mergulhador nas operações de resgate da Corporação e a necessidade de se estar preparado para as mais diversas situações nas águas de nossa região.

No total 30 militares, Oficiais e Praças oriundos do CBMPA, CBMAP e PMPA, estarão participando do curso, coordenado pelo 4° GBM e ministrado por 12 instrutores de Santarém e de Belém com ampla experiência na área.
Finalidades

O Curso de Mergulho de Resgate para a Segurança Pública, ora sediado em Santarém, pretende atender toda a Região Oeste do Pará, tendo em vista serem municípios com grande volume populacional e sem a presença de mergulhadores suficientes, além de serem áreas banhadas por grandes rios, onde certamente se concentra um grande número de ocorrências aquáticas, sobretudo pelo grande fluxo de pessoas e embarcações que utilizam essas hidrovias como entrepostos comerciais, demandando, desta forma, a necessidade de mais profissionais especializados em mergulho de resgate em situações adversas.
Tem como objetivos principais formar profissionais em condições de executar trabalhos hiperbáricos, utilizando equipamentos autônomos de circuito aberto e equipamentos para mergulho dependente com habilitação em buscas e resgate de pessoas, animais e objetos, operações de salvatagem, inspeções e pequenos reparos, comunicação subaquática e resgate de mergulhador em emergência, tudo dentro dos limites de segurança que os equipamentos e as condições naturais permitem.

O CMRSP terá a duração de 45 dias, com término previsto para o dia 21 de dezembro.

Imprima esta Postagem

2009-2013 * 4º GBM-PA *Customizado por Marcelo Quemel * Melhor visualizado no Google Chrome e Firefox