segunda-feira, 27 de agosto de 2012

CBMPA controla incêndio no prédio da Receita Federal


O prédio da Receita Federal que fica localizado na Rua Gaspar Viana, centro de Belém pegou fogo na noite de domingo (26). O incêndio iniciou por volta das 23h00 no 7º andar e se alastrou até o 15º andar. Cerca de 83 Bombeiros atuaram durante toda a madrugada e só conseguiram controlar o sinistro por volta das 05h00 da manhã desta segunda-feira (27).
O incêndio foi percebido por moradores de rua que dormem em torno do prédio. Ao perceberem os estouros das vidraças, eles avisaram os vigilantes e, simultaneamente, as viaturas da Polícia Militar, que acionaram os Bombeiros. A primeira guarnição a chegar ao local foi a do 7º SGBM, às 23h05.
Os andares atingidos tiveram perda total de materiais que foram consumidos pelo fogo. O Major BM Marcos Reis, que estava de serviço, na função de Superior de Dia, informou que o incêndio se alastrou rapidamente devido a existência de muito material no prédio que serviu de meio de propagação, como divisórias de plástico, papéis, móveis e fiação elétrica. “A perícia poderá apontar as causas do incêndio. Durante o trabalho, foi usada apenas uma escada mecânica, o que impossibilitou que as chamas fossem controladas. Pelo fato do prédio estar localizado próximo à baía, o vento forte também contribuiu para a rápida propagação das chamas”, disse o Oficial.
O Comandante Geral do CBMPA, Coronel Hilberto, esteve presente no local da ocorrência para acompanhar de perto a atuação dos Bombeiros no sinistro, que destruiu a parte superior do prédio.
O Coronel Morais, Subcomandante Geral do CBMPA, e o Comandante Operacional, Coronel Silva, estiveram à frente das guarnições compostas por militares dos quartéis do 1º GBM, 1º GBS, 3º GBM, 11º SGBM, 7º SGBM, 1º SGBM/I e 2º SGBM/I, que contaram com o apoio de 13 viaturas, a saber: 02 ATP´S (Auto Tanque Pesado, com reservatório de 30 mil litros de água, cada); 05 ABT´s (Auto Bomba Tanque, com reservatório de 5 mil litros de água, cada); 03 ABS (Auto Busca e Salvamento); 01 AEM (Auto Escada Mecânica); 01 UR (Unidade Resgate); e 01 AR (Auto Rápido).

O Subcomandante comunicou que o incêndio foi controlado por volta das 05h30 desta segunda-feira (27), e após esse momento iniciou-se a operação rescaldo, com o objetivo de eliminar os focos de incêndio que restavam no prédio, e destacou: “Depois do rescaldo será necessário isolar o edifício para fazer a pericia”.

O Secretário Adjunto de Inteligência e Análise Criminal da SEGUP, Antonio Claudio Farias esteve no local e informou que nos andares atingidos funcionava o gabinete da superintendência da Receita Federal, a informática e no 13º andar o escritório regional da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Com o incêndio, o atendimento ao público no prédio da receita federal ficará comprometido, devendo ser normalizado somente a partir da próxima quarta-feira (12/09). O Delegado da Receita Federal, Armando Farhat, informou que cerca de 700 a 800 pessoas são atendidas diariamente só na parte da delegacia.

Uma grande quantidade de papéis e estilhaços de vidro ficou espalhada próxima ao prédio, e vários curiosos estiveram no local para saber mais informações sobre o incêndio, sendo ratificado pelo Corpo de Bombeiros que o sinistro tinha sido controlado e que não havia vitimas no prédio.

Imprima esta Postagem

2009-2013 * 4º GBM-PA *Customizado por Marcelo Quemel * Melhor visualizado no Google Chrome e Firefox